na catraca

4.15.2009

no quarto ano: levem-me ao inferno

Se você já conhecia o site e percebeu algo de estranho, não se preocupe, ele está de cara nova. O Contínuo chega ao seu quarto ano de vida (isso mesmo: quatro anos) com um pique renovado e com algumas surpresas. Se você ainda não conhece a gente, dê uma navegada pelas abas acima, veja a retrospectiva do ano passado, e, se estiver afins, manda um e-mail pra gente.

A verdade é que por essas bandas a gente se repensa o tempo todo e 2009 não seria diferente. Estamos pela primeira vez com 3 revistas em produção ao mesmo ao tempo, isso sem falar em uma edição já pronta esperando um destino que julguemos meritório (pô... falei igual juiz agora; retomando). Além disso posso dizer que a próxima edição faz uma homenagem a nossa primeira personagem a ir para a tela do cinema.

O quê? Num tá sabendo? Pois saiba que nem a gente sabia, heheheheheheh. Como diz o Pedro, nosso prezado editor, qualquer ideia [maldita nova ortografia, que merda de grafia é essa de ideia... retomando.. de novo (pô, desculpa uma nova digressão, mas por que quadrinista gosta de reticências?!... retomando... em definitivo)] qualquer ideia que seja, deve ter alguém que teve algo bem próximo desse mesmo conceito. E não é que o cara tinha razão. Faz alguns dias que me deparei com esse filme (aí abaixo) na rede, e porra: ERA A VELHA! Com o mesmo maldito olho de vidro, com o sotaque do leste europeu (não sabia dessa? Espera a próxima edição) e atazanando alguém. Quase fiquei cheio de orgulho. O Sam Raimi em contra partida vai ficar quase cheio de dinheiro (ninguém fica cheio de dinheiro).

É isso povo, fiquem ligados por aqui, que esse ano vai rolar muita coisa boa, é só ficar de olho.

2 comentários:

Diih disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diih disse...

Ficaria mais legal se estivesse no nosso idioma, fikdik [;