na catraca

7.20.2009

paranóia matutina - a série (quase) completa

.
Essa era pra ser a nossa primeira experiência d'O Contínuo com quadrinhos no mundo digital. A descrição já dizia tudo:

Imagine um casal aos seus 20 poucos anos que tenta acordar todo dia às 8 horas da manhã. Paranóia Matutina narrava essa saga diária, entrando na casa de Carlos e Carol. Era uma autobiografia não autorizada de duas pessoas que tentam a todo custo dormir 5 minutos a mais do que deveriamTambém era uma epopéia mais aventuresca que O Senhor dos Anéis, mais romântico que um filme da Meg Ryan e ao mesmo tempo mais nauseante que Faces da Morte 4, o melhor de Faces da Morte.

Uma pena que não conseguimos dar continuidade na época, até porque hoje em dia temos mais personagens (os gemêos Dante e Heitor). Como pode ser visto anteriormente, não era a primeira vez que a Carol estrelava uma das minhas histórias, mas aqui ela também participava ativamente dos roteiros. E é claro que esse não é o fim da tira, até porque eu estava agora mesmo fazendo o projeto, mas achei que valia relembrar.

Caso você não esteja gostando da visualização das tiras, você também pode vê-las no slideshow do Flickr.

2 comentários:

Vivi disse...

Caraca!! Adorei! Fiquei imaginando a cara da Carol hahahahahha
Inclusive muito parecida com a minha cara em situações parecidas com o Wagnão

Pedrinho disse...

O passado nunca nós abandona.