na catraca

3.05.2010

a palestra

O Contínuo começou na universidade. Já contamos várias vezes esta história: em um determinado momento da faculdade, decidimos fazer o que REALMENTE queríamos, da maneira que achávamos melhor.

O tempo passou, pessoas entraram e saíram do grupo, mas a vontade de experimentar coisas novas com quadrinhos, do nosso jeito, nunca diminuiu.

Na semana passada nosso amigo Adriano Adoryan nos convidou para uma série de palestras na Universidade Anhembi Morumbi. O intuito era apresentar nosso processo criativo para o pessoal de Rádio e Televisão e, para nós, foi uma experiência rica em todos os sentidos.

O processo de criação dos quadrinhos é muito próximo ao do cinema e usamos jargões parecidos para descrever cenas - "planos americanos", "zoom", formato "widescreen", entre outros. A plataforma final pode ser diferente, mas o trabalho duro de pesquisa e estudos de ângulos é bastante semelhante.

Acredito que a parte mais importante (além de uma ótima idéia para desenvolver) é o trabalho de pré-produção. Esta é a hora de testar as ideias, juntar referências e, mesmo que você gaste um bom tempo nesta etapa, estará tornando o processo de criação mais ágil.

Uma pré-produção bem feita diminui consideravelmente as chances de erros e de retrabalho, além de evidenciar uma das questões mais importantes sobre criação: a ESCOLHA.

Quando não existe uma pesquisa aprofundada, quando não há uma "imersão" por parte do autor no tema que ele escolheu desenvolver, há uma probabilidade enorme de que sua criação não passe nem perto de sua idéia original.

Acredito que em qualquer trabalho criativo é importante ter consciência das escolhas e usá-las para enriquecer a obra. A técnica e o estilo devem ser uma escolha e nunca um acidente ou limitação.

Em um trabalho de quadrinhos ou cinema, sempre contamos com o leitor ou telespectador para completar a história. Ele faz parte deste "jogo" e suas referências pessoais também. Com escolhas conscientes toda comunicação se torna mais fácil, afinal, o leitor ou telespectador não é obrigado a adivinhar o que queremos dizer.

Conversar sobre tudo isso com os alunos e dividir conhecimentos e experiências nos ajuda a refletir sobre nosso próprio trabalho, nos mantêm mais atentos às nossas escolhas e nos lembra que uma das coisas que fez mais diferença no nosso tempo de faculdade continua valendo hoje: o importante é produzir. A Universidade é o espaço perfeito para testar ideias e produzir MUITO. É nesta época que o aluno precisa descobrir o que realmente é importante para ele e o ambiente universitário é ideal para isso. Para nós do Continuo, isso fez toda a diferença!

Abaixo coloco um pequeno estudo que fiz a caminho da última palestra, na quinta passada. Peguei minha câmera digital e fui fotografando meu trajeto para, depois, transforma-lo em quadrinhos!

Fotos de referência Anhembi Morumbi
Paginas de HQ Anhembi

Paginas de HQ Anhembi
Paginas de HQ Anhembi
Paginas de HQ Anhembi
Paginas de HQ Anhembi

15 comentários:

Adriano disse...

Dalton,
você está cada dia mais um MONSTRO! Animal o post, muito legal a HQ-relatório!
Todos adoraram sua contribuição e eu só tenho a agradecer e a te parabenizar!
Abração!

leandropricoli disse...

Muito interessante a palestra. Parabéns pelo trabalho. Abs

Chamada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luana Darley disse...

Adorei a palestra sobre o trabalho de vcs . Uma boa idéia precisa aparecer e crescer como a de vcs . Já estou fazendo vários rascunhos do meu TCC com base no que foi tirado da palestra . Sucesso !!!

Andr�a Carolina disse...

AHHHHHHHHH.... adorei a palestra Dalton, vcs representam... até numa simples ida a Anhembi vc fez os quadrinhos fodas, parabéns!

Heloisa Fernandes disse...

Olá! Curti muito a palestra de vocês. Estão de parabéns! Espero que continuem mostrando para muitos alunos que uma idéia, união e força de vontade são essenciais para a realização pessoal e profissional. Obrigada!

alcimar frazão disse...

Salve, salve, Daltones! O homem certo pro trabalho!

Carlos T. Lemos disse...

Foda. Daltones com um desenho sempre melhor.

Como diz o texto. Num pode parar de produzir.

Flavinha Carsall disse...

Sem cometários, Dalton! Realmente a palestra foi muuito legal e todo tipo de proximidade com o que é audiovisual para nós é totalmente válida! Gostei pra caramba e sem dúvida sua contribuição a nossa formação profissional foi especial.
Abraços.
Flavinha Carsall - UAM / RTV

BABI disse...

A palestra foi incrível!!! Muito bem explicadinha e tudo o mais. Além dos desenhos perfeitos que você nos mostrou (confesso que senti uma inveja absurda por não saber desenhar nem uma minhoquinha direito), as proximidades com o trabalho de áudiovisual são muitas, e as inspirações que você nos passou para o TCC (sétimo semestre é tenso) foram fundamentais!!! Além da HQ que ficou incrível!!! Senti até um clima de homenagem... já que foi sobre o último dia!!!

Abraços

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
A sonhadora disse...

Dalton, adorei o post e a palestra é claro!

A HQ ficou demais, se permitir é claro, gostaria de copiar essa HQ aqui do blog e postar em um blog que tenho junto com uma colega de classe, na qual falamos um pouco sobre cultura, música, cinema e etc.

Adoraria deixar isso lá registrado, prometo de que volto e posto com o endereço do blog aqui.

Parabéns pelo trabalho e uma ótima semana =D

Mari Araújo - RTV/UAM

Milarox disse...

Dalton, parabéns!
A palestra foi muito legal e com certeza aprendemos bastante com ela! Os quadrinhos ficaram MUITO BONS! Qualquer aluno da Anhembi reconheceria esse caminho. Rs...

Abç

Dalton Correa Soares disse...

Oi Mari! Pode colocar a historia sim no seu Blog!

Bjos

GUSTAVO VIOTTO disse...

Dalton
foi muito interessante a sua palestra
e curti o quadrinho que vc fez em relação a ela
eu nunca havia pensado que existem tantas semelhanças assim entre auidiovisual e quadrinhos
é um campo de trabalho a ser explorado
parabens pelo trabalho e sucesso sempre
abraços
Gustavo Viotto